Retro Project: Dicas para a primeira etapa

As inscrições para o projeto de 2016/1 da GDS estão encerradas. A partir de agora, as equipes terão cerca de 2 meses para planejar, desenvolver e polir seus projetos.

Conforme o cronograma da definição dos projetos, as equipes terão 5 entregas com espaçamento de 2 semanas entre cada uma. Após isso, haverá uma entrega final com tempo de uma semana, que consistirá do polimento do jogo (versão Silver para versão Gold).

Para auxiliar as equipes na primeira etapa, criamos um exemplo de método envolvendo: análise do jogo original, concepção e verificação de viabilidade de idéias e um padrão para escrita do Game Design Document.

Passos para a criação do GDD


joystick1: Jogue o jogo original

O primeiro passo é, claro, jogar! Não tentando vencer, mas prestando atenção nos efeitos de suas ações e limitações do mundo virtual. É importante conhecer as regras e mecânicas, e o melhor jeito de realizar isso é testar o game hands-on.

Analise cautelosamente como são os movimentos do jogador, velocidade e interações. Tente entender o comportamento dos inimigos, a física, o sistema de pontuação, o level design e as mudanças de cada nível de dificuldade do jogo.


2: Liste as principais características

Enquanto estiver jogando, faça uma lista de prioridade com as características fundamentais do jogo. Se o jogador deve pular para progredir na fase, então a mecânica de pulo é uma característica fundamental. Se o jogador deve pular na cabeça dos inimigos para matar, também anote na lista.

O importante é que esta lista esteja ordenada de forma que as características mais presentes (ou as principais) estejam no topo. Isso ajudará a equipe ao descrever o funcionamento do jogo no GDD.

A técnica funciona melhor se mais de uma pessoa fizer a lista, com cada lista sendo feita separadamente. Diferentes perspectivas podem ajudar a definir as características mais importantes.


3: Brainstorming de idéias

Tendo conhecido o jogo e definido suas principais características, é hora de trabalhar em cima das conceitos observados, e exercer a criatividade.

O primeiro passo é a equipe escolher o que será mantido do jogo original no remake. Talvez uma mudança brusca na jogabilidade e mecânicas possa mudar completamente a experiência do jogador. Neste caso, sistemas que funcionavam para o jogo original podem não servir para o remake.

O segundo passo é o brainstorming em si, ou seja, considerar possibilidades e escrever o maior número de idéias possível. Aqui não há restrições – qualquer idéia pode e deve ser anotada. A questão importante é não se prender a nenhuma idéia.


01.Archive-concept4: Verifique a viabilidade das idéias

Tendo as possibilidades anotadas, é hora de decidir o que a equipe tem interesse em fazer. Cada um da equipe vai eleger as idéias mais pertinentes em seu julgamento.

A equipe deve decidir quais são viáveis de serem feitas no prazo do projeto. Liste tudo que é necessário para implementar tal idéia no projeto: quantos sprites serão produzidos, os sons, programação, equipamentos necessários e/ou custos monetários.

Após seguir estes passos, ficará mais claro para a equipe se devem ou não colocar a idéia em prática.


writing gdd5: Escreva o Game Design Document

É importante ressaltar que o GDD não é um documento formal. Ele é escrito de maneira simples, para que todos da equipe possam entender e usar como referência. É muito comum o uso de imagens para representar mecânicas, personagens, cenários, design de mapas e até linhas da história. Os principais elementos do GDD para a etapa 1 estão listados abaixo:

  • Contexto do jogo: onde e quando se passa, e quem são os personagens;
  • História resumida: versão resumida dos acontecimentos do jogo (MÁXIMO 1 página);
  • Principais mecânicas: as ações do jogador e meios de superar os obstáculos do mundo do jogo;
  • Progressão do jogo: sistema de upgrades, power-ups, nível do jogador, dificuldade dos inimigos;
  • Modificações: as principais diferenças entre o remake e o jogo original;
  • Level Design: ilustrações e/ou descrição textual das principais fases do jogo;
  • Personagens e objetos: ilustrações e/ou descrição dos personagens e objetos do jogo.

Os itens citados não serão aplicáveis a todos os projetos. Não é obrigatório que o GDD siga este padrão, ou mesmo que esteja em formato escrito. O importante é que seja um documento entendido por todos os integrantes da equipe, e que seja a principal referência de desenvolvimento do jogo. Ele idealmente será atualizado durante todas as etapas do projeto.